sábado, 13 de outubro de 2007

História da Casa de Bonecas

As miniaturas estão presentes na história do mundo desde as culturas mais antigas como a cultura egípcia, grega e romana. Foram encontradas em escavações arqueológicas peças representando utensílios domésticos em miniaturas.

O objectivo das casas de Bonecas é desde à séculos mostrar o modo de vida de várias gerações. Geralmente estas casas tinham um objectivo pedagógico: ensinar ás crianças burguesas e aristocratas como se administravam os afazeres domésticos.

O gosto pelas casas de bonecas correu a Europa sobretudo Inglaterra, Holanda, Alemanha, Espanha... e neste momento está em grande expansão no Brasil e EUA... sem esquecer o nosso Portugal!!!!!!!!!!

Mais do que um brinquedo para crianças as Casas de Bonecas são um passatempo que atravessa gerações fascinando miúdos e graúdos. Acima de tudo é um passatempo que estimula a criatividade e a imaginação.

Por serem objectos caros eram geralmente passados de geração em geração.
Eram o tipo de hobbie que permitia ás famílias passarem tempo juntas a brincar.
Com o tempo as casas de bonecas deixaram de ser um brinquedo de crianças, e tornaram-se autenticas obras de arte de valor elevado de colecionadores adultos.
Algumas das mais antigas casas de bonecas encontram-se actualmente em museus espalhados por todo o mundo.

Ao longo da história, as pessoas sempre se sentiram atraídas pelas miniaturas e foram realizando réplicas de pequeno tamanho por diversos motivos:


-Os gregos antes de contruirem os templos faziam replicas em miniatura para analizarem melhor o projecto.


-Na era medieval era frequente fazerem-se armaduras, armas e soldados em miniatura para traçar planos de ataque.


-No século XVIII era frequente na Europa fazer bonecas em miniatura elegantemente vestidas como forma de divulgar a moda.


-Ainda hoje arquitectos e engenheiros constroem maquetes dos seus projectos.


As primeiras miniaturas parecem ter surgido na Alemanha no séc XVI, onde foram encontradas miniaturas de cozinhas que eram oferecidas ás meninas pequenas como brinquedos educativos. Apenas os nobres e os burgueses tinham acesso a estas caixinhas que imitavam divisões da casa. Estas caixas eram designadas por “Casas bebé”.

Inicialmente as miniaturas não tinham escala definida: 1:10; 1:12; 1:16; 1:18; 1:24; 1:48.

Por volta de 1970 os colecionadores defeniram como medida standart a escala 1:12 embora as outras escalas continuem a existir.
Os materiais também foram sendo mudados ao longo do tempo, desde madeira, metal, plástico e mais recentemente MDF.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...